sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

GARDÊNIA, UMA ILUSÃO

Gardênia, uma Ilusão
Barbara Case
Seeing is believing
Coleção Darling, nº 36
Editora Nova Cultural , 1986
Assunto Deficiências/Doenças- CEGO

O DESEJO QUE OS UNE É COMO UMA LUZ NA ESCURIDÃO
Mitchell Ryan ouve a respiração próxima, estende a mão trêmula e passa os dedos pelo rosto da mulher que entrou em seu quarto, depois a atrai para si. Ela o beija de leve, une o corpo macio ao dele e, com um gemido sufocado, Mitchell a possui, sentindo um prazer nunca encontrado com as muitas amantes que haviam passado por sua vida. Depois do amor, ele se desespera: está cego, não pode ver a criatura misteriosa a quem chama de Gardênia!


BAIXAR

Um comentário: